Pular para o conteúdo principal

ONE SPRING NIGHT: UM DRAMA COM TODA A BELEZA DA PRIMAVERA


Hoje vou trazer para vocês a minha impressão do drama One Spring Night da MBC que terminou nesta última quinta feira (~Contém spoiler~). Começando pela sinopse, o drama fala sobre uma mulher, Lee Jung-In (Han Ji Min), que está em um relacionamento sério a anos com um cara bem sucedido e de família rica, até que conhece Yoo Ji-Ho (Jung Hae In), um farmacêutico e pai solteiro.

Quando li a sinopse pela primeira vez não achei que iria me apegar a história como realmente fiquei e comecei a acompanhar grande parte por apenas gostar dos atores, mas ao longo dos episódios fui percebendo que o drama não era apenas essa sinopse vazia e vou listar aqui motivos que fizeram valer a pena assistir o drama mesmo assim!


Primeiro e um dos principais motivos que me prendeu a atenção é a questão do relacionamento de Lee Jung-In com seu namorado de longa data e como ela decide colocar a sua felicidade em primeiro lugar. Em diversos momentos já no primeiro episódio temos a visão que ela não está feliz dentro do relacionamento, que ambos caíram dentro do comodismo e não existe mais romance entre os dois.

É mostrado também que o casal permanecem juntos até o momento apenas por respeito aos pais e por zelar uma imagem social, já que ambos estão em uma idade considerada 'boa' para casarem e não seria bem visto terminarem nesse momento da vida deles.

Quando Yoo Ji-Ho é apresentado na história acompanhamos uma desconstrução de pensamentos muito evidente. Por ser pai solteiro, Ji-Ho está acostumado a não acreditar que ele possa colocar a sua felicidade como algo importante na vida, e a todo momento esse fato é relembrado na história, fazendo com que o personagem acredite que ele não possa ser digno de estar em um relacionamento novamente.


Aliás, a questão de ser pai solteiro e de se ter direitos sim de continuar com a sua vida social não é o único padrão que é desconstruído durante a história. Temos em um certo momento do drama questões, talvez até mais sérias sendo abordadas, como divórcio e violência doméstica.

Quem acompanha dramas coreanos já está acostumado a ver como a Coreia do Sul é um país machista, e que isso é romantizado na maior parte das histórias, seja com as mulheres geralmente não tendo os melhores empregos e os 'oppas' sendo ricos, ou elas precisando cuidar apenas do lar, dos filhos e seguir as ordens do marido, são algumas das coisas que deixamos passar na maioria das vezes.

E mostrar que isso é um problema sim, e que não é permanecendo casada enquanto sofre psicologicamente, fisicamente, ou apenas para agradar os pais ou manter a sua figura de família tradicional para a sociedade que vai deixar você mais feliz.

Na verdade, talvez a melhor das lições que esse drama apresentou foi a ter compreensão com o próximo. Eventualmente estamos olhando apenas para nós mesmos, e desejamos mesmo que inconscientemente que os outros sigam os nossos padrões, e ficamos em conflito quando algo foge do normal. Saber que cada um vive um conflito interno, tem as suas próprias crenças, seu sentido moral e agir tendo consciência disso, torna a todos mais humanos.


A todos que se interessaram pela história de Yoo Ji-Ho e Lee Jung-In, que gostam do tema, de parar e ouvir o próximo e conhecer sua história, One Spring Night é mais do que uma recomendação de drama!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS SETE K-IDOLS MAIS ODIADOS DA CORÉIA!

Não é novidade que muitos k- idols sofrem com o hate de algumas pessoas, e hoje, eu listei os sete idols mais odiados da Coréia! 1 - PARK BOM Park Bom com certeza é a idol que mais recebe hate . Muitos dos comentários negativos, se dão devido as suas diversas plásticas e o falso rumor de tráfico de drogas. Acontece que por causa das cirurgias, Bom dependia de muitos remédios e em uma de suas viagens, foi parada pela polícia com uma bolsa cheia de medicamentos quem não eram liberados na Coréia. 2 - LAY Lay é um dos idols odiados sem motivos aparentes. Muitos acham que ele é odiado por sua nacionalidade - o idol é chinês - e por estar tão fora do padrão de beleza coreano! 3 - SULLI Depois de assumir um namoro com um homem 14 anos mais velho, Sulli passou a ser odiada pelos seus próprios fãs. Ao que parece, muitos dos seus seguidores não apoiaram a decisão da idol. Sem contar com algumas controvérsias que ela causou através da sua conta no Instagram ! 4 - G -

ATOR PARK JI HOON (CHICAGO TYPEWRITER) FALECE AOS 31 ANOS

O ator Park Ji Hoon faleceu aos 31 anos (idade internacional). No dia 15 de maio, a família de Park Ji Hoon revelou em sua conta no Instagram que o modelo que virou ator, que apareceu no drama "Chicago Typewriter" da tvN , faleceu no dia 11 de maio devido a um câncer no estômago. Além de publicar a hora e o local de uma cerimônia fúnebre agendada para o dia 15 de maio, sua família compartilhou a seguinte mensagem, além de uma foto de buquês de funeral enviados por amigos e conhecidos: "Estamos postando esta mensagem para o caso de alguém que não tenhamos entrado em contato por engano. Agradecemos profundamente a todos que enviaram seu conforto e incentivo calorosos, mesmo durante o surto contínuo do COVID-19. Graças a você, não estávamos sozinhos quando enviamos meu irmão mais novo para o céu. Seu apoio foi uma enorme fonte de força não apenas para mim, mas para toda a nossa família. Nós nunca esqueceremos. Sempre tenha cuidado com o COVID-19 e espero que

TOP 10 MVS DE AGOSTO E SETEMBRO DE 2017 DE ACORDO COM O ANNYEONG BRASIL!

Chegou   o TOP 10 MV'S DE AGOSTO E SETEMBRO DE 2017 pra vocês! 🎉🎈 Esse top 10 não representa a real colocação desses mv's em nenhum top charts existentes. É somente a opinião dos colaboradores do site. Nosso objetivo com esse top 10 é apenas divulgar nossas músicas favoritas dentre as lançadas nos meses de agosto e setembro, de forma descontraída e valorizando o gosto pessoal e a opinião de cada colaborador. Então, solte o play! 🎵 10) HELLO - BLANC 7 Nossa opinião: Bárbara - "Não conhecia os meninos até eles virem para o Brasil. Acompanhei a passagem deles por aqui e as entrevistas que deram, e eles foram me conquistando aos poucos. Gostei muito desse comeback deles e espero que eles sejam cada vez mais reconhecidos." Bruna - "Cute! Kawaii! Gostei do foco nos meninos e a música é gostosa de se ouvir. Geralmente não gosto muito de mvs coloridos e essa vibe de inocente, mas como disse, o foco foi nos rapazes, então não prestei muito a atenção n