Pular para o conteúdo principal

2018 WILD KARD TOUR IN BRAZIL: INCRÍVEL DO INÍCIO AO FIM


Antes de começar a falar da experiência incrível que foi acompanhar o show do KARD em São Paulo, gostaria de deixar registrado aqui: Obrigada, Highway Star por ser sempre tão respeitosa e organizada com imprensa e com o público.

Agora vamos ao que interessa! O grupo KARD passou pelas terrinhas brasileiras pela segunda vez esse ano e fãs de vários lugares puderam ver os artistas de pertinho (Alô galera de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre e Belo Horizonte!). 


O Annyeong Brasil teve o prazer de acompanhar o show que rolou no dia 30/09 em São Paulo, no Espaço das Américas, para contar quase tudo para vocês (quase, porque foram tantas coisas boas que aconteceram, que posso acabar esquecendo de comentar algumas)!

Com a casa de shows parcialmente lotada por um público animado, o grupo subiu ao palco pontualmente cheios de energia (embora estivessem em uma rotina puxada com tantos eventos) e muito felizes por estarem de volta ao Brasil. E essa felicidade permaneceu durante as 2 horas de show que vieram a seguir! A cada performance era notável a evolução de cada integrante e do grupo como um todo, se comparado ao ano anterior.


B.M, J.Seph, Somin e Jiwoo nos surpreenderam com performances individuais, onde mostraram que são grandes artistas e que se dedicaram desde o início a serem cada vez melhores. B.M performou DOWN4U, J.Seph animou a galera com um cover de HandClap (Fitz & the Tantrums), Jiwoo mostrou todo o seu poder vocal com o cover de Friends (Marshmello & Anne-Marie) e Somin seduziu o público com a sua versão caliente de Havana (Camila Cabello)!

Além das apresentações solos, o grupo também teve em seu repertório os covers de Mi Gente (J Balvin) e 24K Magic (Bruno Mars). Mas calma, não foi só de covers que curtimos o show não! 
Com um número maior de músicas originais do que na primeira vez em que estiveram no Brasil, o KARD fez muita gente cantar e dançar ao som dos sucessos mais antigos como Hola Hola, Oh NaNa, Don't Recall e Rumor...


E é claro, ao som dos hits mais recentes como "Into You", "Knocking On My Heaven's Door", "Dímelo", "Moonlight" e "Ride On The Wind". Tivemos muita interação em português também! Foi incrivelmente fofo vê-los tentando falar em português com o público! B.M até leu uma carta! 



"2018 WILD KARD TOUR IN BRAZIL" foi assim: incrível do início ao fim. Isso mesmo, o título desse post resume muito bem como foi a passagem do grupo pelo nosso país.

Foi um show de gente grande. E deu orgulho demais! O palco, a iluminação, toda a estrutura não perdia em nada para grupos maiores (maiores em questão de público). O KARD tem potencial para crescer ainda mais e para serem reconhecidos como um grupo que arrasta multidões por onde passam. E eu acredito que isso acontecerá em breve.


Por fim, no final da noite de domingo do dia 30, nos despedimos de B.M, J.Seph, Jiwoo e Somin com a promessa de que eles pretendem voltar em breve e com novas músicas. E estamos torcendo por isso! Então... Até breve, KARD!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HYUN BIN E SON YE-JIN NEGAM OS RUMORES DE QUE ESTÃO NAMORANDO

O jeito como duas mega estrelas - Hyun Bin e Son Ye-jin - reagiram aos rumores que estão namorando tem alguns paralelos com o "casal Song-Song" , referindo-se a Song Hye-kyo e Song Joong-ki , que surpreendeu a nação em outubro de 2017 com o seu anúncio de casamento surpresa. No dia 10 de janeiro, fotos com as celebridades juntas no exterior apareceram online e circularam rapidamente com especulações de que eles estavam namorando. Os dois foram rápidos em negar os rumores e insistiram que "aconteceu" de estarem lá juntos. Uma vez que fotos adicionais ou outras peças convincentes de evidências foram sugeridas, eles admitiram parcialmente que estavam lá juntos, mas que não foi algo pré-arranjados. O encontro deles foi acidental, disseram suas agências. Resta ver se Hyun e Son vão seguir os passos dados pelo casal Song-Song , que surpreenderam a nação depois de anunciar seus planos de casamento após as repetidas negações anteriores de seu namoro. Os ato

ATOR PARK JI HOON (CHICAGO TYPEWRITER) FALECE AOS 31 ANOS

O ator Park Ji Hoon faleceu aos 31 anos (idade internacional). No dia 15 de maio, a família de Park Ji Hoon revelou em sua conta no Instagram que o modelo que virou ator, que apareceu no drama "Chicago Typewriter" da tvN , faleceu no dia 11 de maio devido a um câncer no estômago. Além de publicar a hora e o local de uma cerimônia fúnebre agendada para o dia 15 de maio, sua família compartilhou a seguinte mensagem, além de uma foto de buquês de funeral enviados por amigos e conhecidos: "Estamos postando esta mensagem para o caso de alguém que não tenhamos entrado em contato por engano. Agradecemos profundamente a todos que enviaram seu conforto e incentivo calorosos, mesmo durante o surto contínuo do COVID-19. Graças a você, não estávamos sozinhos quando enviamos meu irmão mais novo para o céu. Seu apoio foi uma enorme fonte de força não apenas para mim, mas para toda a nossa família. Nós nunca esqueceremos. Sempre tenha cuidado com o COVID-19 e espero que

TOP 10 MVS DE AGOSTO E SETEMBRO DE 2017 DE ACORDO COM O ANNYEONG BRASIL!

Chegou   o TOP 10 MV'S DE AGOSTO E SETEMBRO DE 2017 pra vocês! 🎉🎈 Esse top 10 não representa a real colocação desses mv's em nenhum top charts existentes. É somente a opinião dos colaboradores do site. Nosso objetivo com esse top 10 é apenas divulgar nossas músicas favoritas dentre as lançadas nos meses de agosto e setembro, de forma descontraída e valorizando o gosto pessoal e a opinião de cada colaborador. Então, solte o play! 🎵 10) HELLO - BLANC 7 Nossa opinião: Bárbara - "Não conhecia os meninos até eles virem para o Brasil. Acompanhei a passagem deles por aqui e as entrevistas que deram, e eles foram me conquistando aos poucos. Gostei muito desse comeback deles e espero que eles sejam cada vez mais reconhecidos." Bruna - "Cute! Kawaii! Gostei do foco nos meninos e a música é gostosa de se ouvir. Geralmente não gosto muito de mvs coloridos e essa vibe de inocente, mas como disse, o foco foi nos rapazes, então não prestei muito a atenção n