"O JOGO DO DETETIVE": REVIEW DO PROGRAMA DE VARIEDADES COREANO DA NETFLIX


Algumas pessoas próximas sabem que eu sou apaixonada pelo Yoo Jae Suk e pelo Lee Kwang Soo, uma paixão que surgiu através do incrível programa de variedades "Running Man" - o meu favorito, diga-se de passagem - e que me apresentou um elenco maravilhoso e divertido, no qual ambos fazem parte.

Com isso, assim que ouvi falar que a Netflix estava envolvida em um projeto de um programa de variedades coreano com o Jae Suk e o Kwang Soo, fiquei ansiosa e cheia de expectativas. O tal projeto demorou a sair... até que eu fui esquecendo. Ontem, zapeando pelas opções disponíveis no catálogo da Netflix, acabei encontrando o "O Jogo do Detetive" (título em português, mas conhecido internacionalmente como "Busted!"). Não pensei duas vezes e resolvi assistir...

"O Jogo do Detetive" traz um elenco formado apenas por estrelas da cultura do entretenimento da Coreia do Sul, como os apresentadores (já citados anteriormente) Yoo Jae Suk, Lee Kwang Soo, o cantor Sehun - do grupo EXO - e Kim Se Jung, do grupo feminino Gugudan. O programa é liderado pelos diretores Jang Hyuk Jae, Jo Hyo Jin, e Kim Joo Hyung, que já trabalham em programas de variedades famosos, como "X-Man", "Running Man", e "Family Outing".

Como o nome sugere, os participantes tornam-se detetives e, a cada episódio, precisam desvendar um mistério. O programa tem um total de 10 episódios já disponíveis na Netflix.


Sobre o 1º episódio...

Confesso que talvez as grandes expectativas geradas antes da estreia e por esperar que fosse algo tão bom quanto "Running Man" é para mim, não me deixou muito surpresa com o que assisti. O primeiro episódio teve uma introdução lenta - quase arrastada -, bem fantasiosa e pouco atrativa.
Para quem acompanha programas de variedades coreanos, sabe que esse tipo de introdução é normal e que as atuações péssimas são propositais (até porque muitos dos participantes nem sempre são atores), mas achei um pouquinho exagerada.

Os primeiros minutos do episódio, assisti na "marra" mesmo. Depois disso, a história vai se desenrolando e o programa vem se mostrando a que veio: um programa divertido e criativo.

Os participantes se veem presos em uma situação em que precisam resolver um assassinato e descobrir o verdadeiro culpado - que pode estar entre eles! Eles não podem confiar em ninguém. Até aí tudo bem. No entanto, após diversas missões divertidas para receberem pistas que os farão solucionar o mistério, descobrimos que todos os episódios estarão ligados e que eles precisam resolver também um dos maiores enigmas do mundo: O que aconteceu com o Projeto D?

Durante o episódio, me vi rindo de diversas situações - onde comparar as participações do Jae Suk e do Kwang Soo no "Running Man" me serviu como uma bela e inesperada surpresa. Os dois conseguiram ser eles mesmos e ainda mostraram que são flexíveis e que conseguem se adaptar a qualquer outro programa de variedade sem passar a impressão de que são mais do mesmo.

O que falar do Ahn Jae Wook? E da fofa da Park Min Young?
Eles topavam de tudo! Hahaha... Se entregaram para a proposta do programa!
Já o Sehun, nesse primeiro episódio, não teve muito destaque. Mas acredito que logo pegue o jeito.

Ainda não assisti todos os episódios disponíveis, mas se tem uma coisa que posso adiantar até o momento é: vale a pena investir. Caso tenha desanimado com os primeiros minutos do programa como eu, é só pular essa parte de introdução. A verdadeira brincadeira começa quando eles se reúnem em um salão, aproximadamente no minuto 06:10.

Não sei se "O Jogo do Detetive" será um programa de variedades que me cativará como "Running Man" e muitos outros fizeram. Mas vale a tentativa. Apesar dos episódios terem aproximadamente 1h30min de duração, o roteiro permite alguns momentos de inovação, fugindo do comum. E isso, sem dúvidas, brinca com a nossa imaginação e a nossa vontade de resolver os mistérios junto com o elenco. No final do primeiro episódio, já estava com o gostinho de "quero mais".


Nenhum comentário

Pericles F Pellegrini. Tecnologia do Blogger.