Pular para o conteúdo principal

"VOCÊS SENTIRÃO A NOSSA FALTA?" - SIM OU COM CERTEZA? SAIBA MAIS SOBRE A #TWTINBRAZIL!


O tempo passou muito rápido. Eu não queria que acabasse aqui.

E é com essa declaração do V, durante o show no Citibank Hall no dia 20/03, que resumo a minha sensação pós-show. Mas como já diziam os mais velhos, tudo o que é bom dura pouco. Infelizmente. Deixando de lado o "mimimi", vamos falar do que realmente interessa: The Wings Tour in Brazil!
Embora a saudade desse momento seja imensa, tentarei resumir o quão incrível foi ver os meninos animados e cheio de energia no palco de forma coerente. E com isso, permito-me citar um trecho da crítica feita pela Billboard Brasil:

 Um espetáculo dentro do espetáculo!

Com uma setlist bem planejada, os meninos do BTS trouxeram as mais diversas sensações para o público ali presente, como por exemplo a energia contagiante nas músicas Not Today e Fire; e a valorização de cada integrante durante os solos como Reflection e Begin. Todos tiveram o seu momento para se conectar com o público de forma individual... sem falar nas apresentações em grupo. E isso foi incrível! Jin, Suga, Rap Monster, V, Jimin, JungKook e J-Hope mostraram que podem ser o que quiserem e que não precisam de rótulos.



Era visível a felicidade dos meninos no palco a todo momento, assim como também era visível a emoção que sentiam com a resposta do público em cada música. As Armys mostraram o que é o amor... e os Bangtan Boys mostraram o que é o amor recíproco.




Em um momento final, por exemplo, Rap Monster disse que a linguagem nunca foi uma barreira para os fãs brasileiros e que nossa conexão é feita pelos olhares e pelo coração, não necessitando de palavras! Que orgulho!

Com aproximadamente 2h30min de show, estavam presentes na setlist as músicas: Not Today, Am I Wrong, Baepsae, Dope, Begin, Lie, First Love, Save Me, I Need U, Reflection, Stigma, Mama, Awake, Cypher pt 4, Fire, N.O/No More Dream/Boy in Luv/Danger em um mashup, 21st Century Girl, Boy meets Evil, Blood Sweat & Tears, Wings, 2!3! e Spring Day. 




E tudo o que eu conseguia pensar durante o show inteiro foi: Que orgulho dos nossos meninos! Quando fui ao show do BTS em 2015, ainda no começo da minha paixão por eles, eu já sabia o potencial que tinham e que estavam decididos a crescer e melhorar ainda mais... Mas não esperava que fossem me surpreender tanto como da forma que fizeram! A postura no palco como grandes ídolos internacionais, o carinho e a preocupação com os seus fãs, o esforço em aprender mais do que palavras básicas do português para poder falar com a platéia, a dedicação nas coreografias, etc. Isso só tornou o momento ainda mais especial! E com toda a certeza fez com que mais pessoas se apaixonassem por cada um deles. E pelo grupo todo.




E destaco aqui uma frase do Jin que resume os dois shows realizados em São Paulo esse ano: 
É um show que irá entrar para a história do grupo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS SETE K-IDOLS MAIS ODIADOS DA CORÉIA!

Não é novidade que muitos k- idols sofrem com o hate de algumas pessoas, e hoje, eu listei os sete idols mais odiados da Coréia! 1 - PARK BOM Park Bom com certeza é a idol que mais recebe hate . Muitos dos comentários negativos, se dão devido as suas diversas plásticas e o falso rumor de tráfico de drogas. Acontece que por causa das cirurgias, Bom dependia de muitos remédios e em uma de suas viagens, foi parada pela polícia com uma bolsa cheia de medicamentos quem não eram liberados na Coréia. 2 - LAY Lay é um dos idols odiados sem motivos aparentes. Muitos acham que ele é odiado por sua nacionalidade - o idol é chinês - e por estar tão fora do padrão de beleza coreano! 3 - SULLI Depois de assumir um namoro com um homem 14 anos mais velho, Sulli passou a ser odiada pelos seus próprios fãs. Ao que parece, muitos dos seus seguidores não apoiaram a decisão da idol. Sem contar com algumas controvérsias que ela causou através da sua conta no Instagram ! 4 - G -

ATOR PARK JI HOON (CHICAGO TYPEWRITER) FALECE AOS 31 ANOS

O ator Park Ji Hoon faleceu aos 31 anos (idade internacional). No dia 15 de maio, a família de Park Ji Hoon revelou em sua conta no Instagram que o modelo que virou ator, que apareceu no drama "Chicago Typewriter" da tvN , faleceu no dia 11 de maio devido a um câncer no estômago. Além de publicar a hora e o local de uma cerimônia fúnebre agendada para o dia 15 de maio, sua família compartilhou a seguinte mensagem, além de uma foto de buquês de funeral enviados por amigos e conhecidos: "Estamos postando esta mensagem para o caso de alguém que não tenhamos entrado em contato por engano. Agradecemos profundamente a todos que enviaram seu conforto e incentivo calorosos, mesmo durante o surto contínuo do COVID-19. Graças a você, não estávamos sozinhos quando enviamos meu irmão mais novo para o céu. Seu apoio foi uma enorme fonte de força não apenas para mim, mas para toda a nossa família. Nós nunca esqueceremos. Sempre tenha cuidado com o COVID-19 e espero que

HYUN BIN E SON YE-JIN NEGAM OS RUMORES DE QUE ESTÃO NAMORANDO

O jeito como duas mega estrelas - Hyun Bin e Son Ye-jin - reagiram aos rumores que estão namorando tem alguns paralelos com o "casal Song-Song" , referindo-se a Song Hye-kyo e Song Joong-ki , que surpreendeu a nação em outubro de 2017 com o seu anúncio de casamento surpresa. No dia 10 de janeiro, fotos com as celebridades juntas no exterior apareceram online e circularam rapidamente com especulações de que eles estavam namorando. Os dois foram rápidos em negar os rumores e insistiram que "aconteceu" de estarem lá juntos. Uma vez que fotos adicionais ou outras peças convincentes de evidências foram sugeridas, eles admitiram parcialmente que estavam lá juntos, mas que não foi algo pré-arranjados. O encontro deles foi acidental, disseram suas agências. Resta ver se Hyun e Son vão seguir os passos dados pelo casal Song-Song , que surpreenderam a nação depois de anunciar seus planos de casamento após as repetidas negações anteriores de seu namoro. Os ato