IRON FOI PRESO POR BATER EM SUA NAMORADA!




Para tudo! Tô chocada! O Assunto é sério, então senta que lá vem história:

Segundo o que o site Allkpop noticiou e disse ter sido informado pela Polícia Central de Seul, Iron bateu em sua namorada porque ela não estava o ouvindo, causando-lhe fraturas. Os promotores disseram que em setembro do ano passado, enquanto Iron e a sua namorada "A" estavam fazendo sexo, "A" recusou as solicitações do namorado. Ele então bateu com os seus punhos no rosto de "A" com raiva.

Aproximadamente quinze dias depois, "A" decidiu terminar o relacionamento com Iron. Não satisfeito, ele a sufocou e a espancou, causando ferimentos e fraturas em seu dedo mindinho. Iron ainda a ameaçou, apunhalando-se com um utensílio de cozinha, dizendo que se ela chamasse a polícia, ele diria que foi ela que o esfaqueou.

Com tudo isso, voltou uma polêmica do passado: "Roll". Coincidentemente a música lançada também em setembro do ano passado contém letras falando sobre estupro. O seu caso foi entregue ao tribunal no dia 14 desse mês.

Depois de um tempo em silêncio, o rapper resolveu contar o seu lado da história depois de sua recente prisão por supostamente agredir sua namorada. Ainda no dia 14 de março, Iron contou uma história completamente diferente, dizendo:

"Quero contar o meu lado da história com precisão, porque apenas o que o outro lado alegou - o que é falso - fez manchetes."

O rapper disse:

"A primeira vez que nos encontramos foi para uma sessão de fotos, ela era a modelo do meu álbum. Seu maior problema era que ela era masoquista no sexo sadomasoquismo. No começo, fiquei realmente chocado. Ela disse que era a única maneira em que ficaria satisfeita. Nunca foi uma agressão física. Era uma auto-defesa contra a sua violência cruel."

Iron continuou:

"Eu estava com tanto medo dela nesse estado e eu descobri que ela já tinha um namorado assim que terminamos. Ela foi a minha namorada uma vez, então eu sei o tipo de mentalidade entortada que ela pode ter. Quanto mais eu a conhecia, mais eu sentia um medo extremo. Eu não a agredia nem a ameaçava. Eu sou uma pessoa com muitas falhas, mas eu não causei dano a outras pessoas nem as magoei por causa dos meus desejos."

Então por enquanto a situação está num "disse-me-disse". O que você pensa sobre isso?
Quem está falando a verdade?

Nenhum comentário

Pericles F Pellegrini. Tecnologia do Blogger.